Escritos de Catarina de Hueck Doherty

Catherine Doherty“Sou uma mulher apaixonada por Deus. Os homens me consideram alguém esquisita ou tola. Não sabem que eu sou uma canção, uma bailarina, uma mulher apaixonada por Deus.” Parece desafiar imaginação, a vida de Catarina de Hueck Doherty — mais conhecida no Brasil como ‘a baronesa’, desde a publicação de Apresento-lhes a baronesa, de Pe. Héber S. de Lima, s.j., há alguns anos. Estale aqui para ler mais. Estale aqui para ler mais.
WritingsNós gostaríamos de manter contacto com vocês!
“Partilhas” traz notícias de Madonna House bem como estórias e fragmentos dos escritos da Catarina Doherty.
Clique aqui para participar do "Amigos de Madonna House" lista de e-mail.

Deserto Vivo (Poustínia)Deserto Vivo (Poustínia) — Espiritualidade Oriental para os Cristãos do Ocidente

Poustínia é palavra russa que quer dizer ‘deserto’ e significa um lugar de profundo silêncio, onde nos aquietamos para escutar a voz de Deus que nos fala ao coração.

Ao escrever sobre poustinia, Catarina de Hueck Doherty não pretende elaborar uma técnica de oração, mas sim mapear uma jornada para Deus: a dela e, se quisermos, a nossa. Ela vai mostrar-nos que poustinia não é nem mais nem menos que aquele "canto secreto" em que o Pai nos galardeia, em segredo, com sua presença, se aí entrarmos com fé e amor — no sentido de uma das frases mais lindas da Bíblia (Oséias 11, 14): “Levá-la-ei à solidão para falar-lhe ao coração”.

Ela vai falar-nos de alguns dos tesouros que encontraremos aí dentro, tais como a pobreza e a libertação decorrentes da Palavra de Deus. Aí ela vai partilhar conosco sua ciência e conhecimento vivencial do que significa combater pela salvação do mundo no centro desta tremenda noite que ameaça escurecer a terra inteira. Ela nos repete a grande e a mais difícil de todas as frases: para vivermos com Cristo, no seu Reino, nós temos que nos tornar pobres como ele.

Acima de tudo, porém, Catarina descortina ao nosso olhar uma visão de "ternura cósmica". No deserto, Deus torna nosso coração manso, humilde e compassivo como o coração do seu Filho. Aí aprendemos a ser ternos para com todas as criaturas, para com nossos irmãos e até para conosco mesmos, o que é de imensa importância.

Quando descobrimos que somos a "alegria de Deus", como imagens de Cristo, então nossos irmãos se tornam "nossa alegria". Aí se encontra o cerne da mensagem de Catarina para todos nós. A misericórdia e a ternura são a disponibilidade do "retirante", ou "poustinik", na saborosa palavra russa que ela ama tanto. É uma disponibilidade para Deus e para todos os filhos de Deus.

Catarina diz: “Tenho que viajar ‘para dentro’, não para fora e encontrar o Deus Uno e Trino no meu próprio coração que é, realmente, sua morada, como disse Cristo: ‘Faremos nele nossa morada’. Fundamentalmente, o poustinia está mais dentro do que fora de nós”.

Deserto Vivo - Estale aqui para transferir

O Silêncio de DeusO Silêncio de Deus

No seu livro Poustinia, (traduzido no Brasil sob o título de Deserto Vivo), Catarina de Hueck Doherty alertou o mundo para a importância e a força redentora do silêncio. Aqui, ela volta ao tema, mas numa perspectiva diferente. Lá, era o silêncio do homem para ouvir Deus. Aqui, é o silêncio de Deus falando ao homem. Lá, o silêncio era uma espera do homem. Aqui, o homem mergulha no "infinito mar do silêncio", transpõe montanhas e atravessa chamas.

O silêncio não é algo meramente negativo. Ele é eminentemente positivo e constitui um mundo em si mesmo. De certo modo, ele também não tem princípio nem fim e suas origens remontam ao tempo em que tudo era puro Ser. Como o Ser eterno é incriado, também ó silêncio é tremendamente fértil e fecundo. Quando as palavras falham, é o silêncio que exprime os grandes sentimentos de dor, de alegria e de amor. Ele é o teste definitivo dos grandes gênios, dos grandes santos, dos grandes amantes.

O silêncio parece ser a misteriosa réplica de Deus no mundo: ele contém tudo e é dele que tudo nasce, tanto na ordem do sentimento, da idéia, como na linha da ação construtiva do universo.

Somente o silêncio dá às palavras a sua dimensão profunda e seu verdadeiro sentido. Sem ele, até a palavra de Deus se torna parte da cacofonia intolerável da vida moderna. Somente no contexto do silêncio é que a palavra divina pode ser ouvida e o Verbo pode encarnar-se em nossas mentes e corações, pela aceitação da fé, do amor e da esperança. O silêncio de Deus é esse eterno processo de encarnação do Verbo nas almas.

Pode-se dizer que O Silêncio de Deus representa o estágio final da longa peregrinação de Catarina; é a pura contemplação de Deus. Deus aqui é um silêncio e uma presença, um silêncio cheio de presença.

Este mar de silêncio nada mais é que o "fundo" eterno da presença divina, sobre o qual deverá sempre projetar-se toda a nossa vida. E quem a conduz a este mar infinito e a leva por vales, chamas e montanhas não é outra senão a própria Mãe de Jesus, Maria Santíssima. A devoção mariana é um ponto alto e forte na vida e nos escritos de Catarina.

O Silêncio de Deus - Estale aqui para transferir

Em ParábolasEm Parábolas — histórias de ontem, de hoje, e de amanhã

“Como amamos histórias!”, dizia Catarina. “Por que são tão poderosas em nos ajudar a entender e lembrar verdades profundas sobre a vida? Não seria porque as histórias estão mais perto da vida do que meras idéias? Ele, o Mestre, contou as mais belas e inesquecíveis histórias na história do mundo.”

E Catarina de Hueck Doherty é mestra em contrar histórias. Nesta extraordinária coleção, o leitor pode apreciar a riqueza do pensamento oriental e a maneira de se expresser, agora aliada à sofisticada geraçāo tecnológica. Embora os personagens e cenários variem desde uma Rússia czarina até guetos americanos, a misteriosa presença de Deus se faz presente. Somos inspirados ver nossas próprias vidas com o profundo senso de fé da autora… a ver a luz divina brilhando além das aparências, quando realmente olhamos para as pessoas e para os eventos que encontramos a cada dia.

Em Parábolas - Estale aqui para transferir

Evangelho sem RestriçõesEvangelho sem Restrições

As palavras da autora são como mensagens de fogo, tal era o calor vivencial, o vigor de expressão e a fé palpitante com que eram transmitidas. A autenticidade e convicção interior dessa “mulher forte” ressalta de cada linha. Ela é de uma originalidade, espontaneidade e autenticidade que desafiam descrição.

Sua origem e formação russa, bem como o trauma da Revolução Russa com os conseqüentes transtornos que a levaram das riquezas à extrema pobreza e à condição vivêncial de humilde operária, tudo isto despertou no íntimo de Catarina, de maneira muito profunda, o valor e a verdade da mensagem evangélica.

Esta "mulher forte" considera o Evangelho — Cristo e suas palavras — como uma Boa Nova. Catarina de Hueck Doherty insiste e afirma repetidamente que o núcleo desta Boa Nova é o amor de Deus para conosco. Sua vida é um exemplo de fidelidade ao Evangelho sem restrições.

O livro abrange uma série de curtos escritos sobre diversos aspectos de viver como cristão no mundo atual. Catarina se expressa na introdução: "Não discutirei diretamente a grande maré de controvérsias que, nos dias de hoje, surge de todas as partes e nos envolve. Em vez disso, procurarei mostrar a Boa Nova aos meus leitores. A Boa Nova é o Amor de Deus por nós; seu único grande mandamento é amar. Se estivermos vivendo este mandamento e não simplesmente prestando-lhe homenagem de palavras, seremos capazes de mudar a face da economia, da política, da tecnologia e de qualquer outra coisa que precise ser mudada".

Boa Nova apresentada por Catarina, se for vivida integralmente, transformará também os corações dos leitores.

Evangelho sem Restrições - Estale aqui para transferir

Alma da Minha VidaAlma da Minha Vida

Buscando viver e entender o evangelho radical de Jesus, Catarina de Hueck Doherty revela como a oração tem sido a alma de sua vida, seu consolo e iluminação. Encontram-se aqui mais que reflexões e idéias sobre oração: trata-se de uma vida intimamente vivida com Deus.

O leitor não está diante de um livrinho meramente teórico, de um compilado de regrinhas que ensinem a rezar. Catarina se extravasa toda inteira em cada linha desta obra, e com ela se derrama, em jorro torrencial, todo o seu imenso amor a Deus, amor este que teve sua prova candente e definitiva em quase noventa anos de vida inteiramente dedicada ao serviço dos pobres.

Catarina não ora ao clássico modo de Teresa de Ávila ou João da Cruz. Ela possui estilo distinto decorrente de um chamado particular. Sua oração, estruturada sobre a tradição mística cristã do Oriente, moldou-se em meio a processos e tribulações. Suas palavras dão testemunho da espiritualidade profunda e do misticismo prático com que ela responde às muitas questões a ela postas no curso de anos sobre sua experiência de oração.

Nesta hora de tanto consumismo, violências e erotismos, quando os homens se transformam em águas inúteis e dispersas, somente a oração pode ajudá-los a refluir sobre suas torrentes derramadas, como energias perdidas, para voltarem à Fonte da Paz, a esse Deus que só fala no silêncio e na pureza das almas. Catarina bebeu longamente nessa fonte e agora, neste livro, transborda para todos nós em águas de salvação, hauridas no seu grande amor a Deus.

O leitor notará também no decorrer deste livro a poesia que se entrelaça à visão que Catarina tem da oração.

Alma da Minha Vida - Estale aqui para transferir

União na Fraternidade: Sobornost

Em União na Fraternidade: Sobornost Catarina de Hueck Doherty apresenta, de forma vigorosa, efetiva e atual, uma trajectória aos itinerantes que buscam o caminho de “encontro”: encontro de si próprio, encontro de semelhante, encontro da divina Trindade.

Sobornost parece um título um tanto estranho, à primeira vista. A palavra russa sobornost quer dizer união, unidade... mas é muito mais que tudo isso: seu significado original é tão profundo, que é quase intraduzível nas línguas modernas. Mesmo assim, é a palavra ideal para encabeçar um livro que trata de união e unidade entre cristãos: dos homens com Deus e de Deus com os homens.

União na Fraternidade: Sobornost - Estale aqui para transferir

Querido Padre

Uma mensagem de amor para os padres.

Querido Padre - Estale aqui para transferir

Graça Em Todo Dia: Através Do Ano com Catarina Doherty

Reflexões diárias, selecionadas por Mary Bazzett.

Graça Em Todo Dia - Estale aqui para transferir

Apresento-lhes a Baronesa

Biografia de Catarina Doherty em português:

Apresento-lhes a Baronesa, escrito por Héber Salvador de Lima, S.J.

O pequeno mandato

Levante-se, vá! Venda tudo o que você possui... Dê tudo aos pobres, diretamente, pessoalmente. Tome a minha cruz (a cruz deles) e siga-me, indo aos pobres — sendo pobre, sendo um com eles — um Comigo.

Pequeno, seja sempre pequeno... Simples, pobre, como criança.

Pregue o Evangelho com sua vida SEM RESTRIÇÕES; Ouça o Espírito, Ele guiará você.

Faça as pequenas coisas extremamente bem, por amor a Mim.

Ame, ame, ame sem contar o custo.

Vá às praças e permaneça Comigo.

Reze, jejue... Reze sempre, jejue.

Seja escondido, seja uma luz aos pés do seu próximo. Vá sem temor ao fundo dos corações dos homens... Eu estarei com você.

Reze sempre, EU SEREI O SEU DESCANSO.

O pequeno mandato - Estale aqui para transferir

Oração à Nossa Senhora de Combermere

Nossa Senhora de CombermereOh! Maria, você deseja tanto ver Jesus amado. Uma vez que você me ama, este é o favor que lhe peço: que obtenha para mim um grande e íntimo amor por Jesus Cristo. Você obtem de seu Filho tudo que lhe pede; reze por mim, peça-lhe que eu jamais perca a graça de Deus. Peça-lhe que eu possa, a cada dia, crescer em santidade e perfeição e que possa, fiel e nobremente, responder, em minha vida, ao chamado de seu Filho. Através da aflição que você sofreu no calvário quando viu Jesus expirar na cruz, obtenha para mim uma morte feliz e que, amando a Jesus e você, minha Mãe, na terra, eu possa receber a recompensa de lhe amar e bendizer eternamente no paraíso. Amém.

Imprimatur: + J. R. Windle, Bispo de Pembroke

Oração à Nossa Senhora de Combermere - Estale aqui para transferir

Oração pedindo favores através da intercessão de Caterina Doherty

Caterina DohertyPai que ama a todos, através do Seu Amado Filho, Jesus, nós temos aprendido a pedir pelo que precisamos. E Sua Esposa, nossa mãe—a Igreja, tem nos instruído a pedir a intercessão de Seus Servos que adormeceram em Cristo. Portanto, através da intercessão de Sua Serva Catarina Doherty, nós pedimos

[mencionar aqui seu pedido.]

Nós pedimos isto para Sua honra e glória, em nome de Jesus Cristo, Seu Filho—Nosso Senhor. Amém.

uso privado. Imprimatur: + J. R. Windle, Bispo de Pembroke, 1 de Maio 1993.

Oração - Estale aqui para transferir

Madonna House - Pax Caritas crossApostolado de Madonna House (Casa de Nossa Senhora) é uma comunidade de mulheres e homens (leigos e sacerdotes). Somos uma família de celibatários consagrados na Igreja Católica. Estale aqui para ler mais.

Apostolado de Madonna House
portugues@madonnahouse.org
2888 Dafoe Rd
RR 2
Combermere ON   K0J 1L0
Canada

Read more in English at: www.catherinedoherty.org and www.madonnahouse.org